topbella

28 de mar de 2011

Como as esposas devem agir com seus maridos incrédulos?


O ideal é que a pessoa nascida de Deus se case com alguém da mesma fé, também com uma pessoa nascida de Deus, que apresente os frutos do Espírito Santo.

Só que as vezes a mulher se converte ao Senhor Jesus depois de ter se casado. E seu marido não se converteu ainda, e isso a deixa triste, abatida e fraca na fé.
Pois seu maior desejo é ver seu marido do lado dela na igreja, buscando ao Senhor, convertido, transformado assim como ela.

Vamos ver o que nos ensina a palavra de Deus sobre isso:

" Mulheres, sede vós, igualmente submissas a vosso próprio marido, para que, se ele ainda não obedece à palavra, seja ganho, sem palavra alguma, por meio do procedimento de sua esposa, ao observar o vosso procedimento cheio de temor." 1Pedro 3

Muitas mulheres convertidas não aplicam essa palavra no seu casamento. Continuam agindo com seu esposo da mesma forma de que agia antes de se converter.

Quando ele chega cansado cheio de reclamações, ela não se cala, não o compreende, mas começa a discutir e falar do que está precisando mudar em casa, do que está precisando comprar, começa a reclamar do seu dia, da falta de atenção dele para com ela etc.

É relaxada com as coisas de casa, não é carinhosa com seu esposo, e nem tãopouco compreensiva.

E ainda quer leva-lo para a igreja. Agora eu lhe pergunto: Qual seria o motivo pelo qual o seu marido iria querer permanecer na igreja, se ele não vê a mudança, a transformação do próprio comportamento da esposa?

Como está escrito no versículo acima, ele não se converterá com palavras, mas sim observando o procedimento da esposa, cheia de temor.

Então sejam sábias e aprendam a lutar pelo seu casamento!
Seja a mudança que quer ver no seu esposo.

Comece mudando seu comportamente em casa, seja compreensiva, atenciosa. Por mais que o seu dia não tenha sido um dos melhores, demonstre interesse em querer saber como foi o dia dele, deixe-o desabafar.
Seja caprichosa com as coisas de casa, e com sua aparencia também. Não seja relaxada!
Não fique com qualquer roupa, na presença do seu esposo.

Quando vierem as discussões, aprenda a se calar, e a compreender o lado dele. Se isso não for possível não responda nada!
Mas vale o silêncio do que palavras duras. 
Está escrito : O justo não se justifica.

Continue a orar por ele. Ore sem cessar.



Na fé, Danielle Boyer.

Nenhum comentário:

About Me

Minha foto
Uma simples serva do Altíssimo, disposta a lhe ajudar e orientar de acordo com os preceitos bíblicos.